você está em: home / / Fisioterapia

Fisioterapia

A Fisioterapia atende cada indivíduo com humanismo e proporciona ao paciente melhora da saúde funcional e da qualidade de vida. Também é responsável pelo desenvolvimento, formação e informação de ciência e tecnologia para tratamento funcional de pacientes oncológicos para todo o Brasil. É uma das especialidades mais frequentes no processo de reabilitação, trabalhando na recuperação da função, melhoria da mobilidade, alívio da dor e prevenção ou limitação das disfunções físicas de pacientes vítimas de lesões ou doenças. Estimulam a habilidade do paciente para ser independente e se reintegrar na comunidade e retornar ao trabalho.

Na UTI, uma das fases mais importantes da atuação da Fisioterapia é por meio de manobras e exercícios, preparar o paciente de forma rápida e segura para que fique independente do respirador artificial. A Fisioterapia em oncologia é uma especialidade que tem como objetivo preservar, manter, desenvolver e restaurar a integridade cinético-funcional de órgãos e sistemas do paciente, assim como prevenir os distúrbios causados pelo tratamento oncológico.

O fisioterapeuta oncológico deve estar apto para desenvolver suas atividades com pacientes infantis, adolescentes, adultos e idosos, em situações que vão desde a cura aos casos em que ela é irreversível até desenvolver seus programas de tratamento dentro deste contexto. O profissional dessa área deve saber lidar com as sequelas próprias do tratamento oncológico, atuando de forma preventiva para minimizá-las. O tratamento adotado é determinado pelas disfunções causadas pelo tumor no paciente.

A radioterapia, indicada tanto para o tratamento exclusivo da doença quanto para complementação dos outros tratamentos, pode acarretar fibrose, levando à restrição de movimento, edemas, disfunções ventilatórias, entre outras. A cirurgia visa não apenas a remoção do tumor, mas também dos tecidos sadios adjacentes, a fim de evitar a permanência de doença residual macro ou microscópica. Tal fato pode acarretar seqüelas sensitivas, motoras, vasculares e respiratórias, dependendo da área afetada.

Essa assistência tem início no pré-operatório, visando o preparo para o procedimento e redução de complicações. Durante o período de internação o enfoque é global, prevenindo, minimizando e tratando complicações respiratórias, motoras e circulatórias. A dor é uma das principais e mais frequentes queixas do paciente oncológico, devendo por isto ser controlada e tratada em todas as etapas da doença.

A comunidade pode buscar atendimento em nosso ambulatório encaminhado pela Unidade Básica de Saúde- SUS, paciente oncológico-SUS e Convênio. A equipe é formada por profissionais especializados em oncologia.

Contato: (41) 3361-5016 | 3361-5017

Atendimento ambulatorial das 7h às 17h.

Atendimento 24 horas para pacientes internados. 


FALE CONOSCO, CHAT ONLINE!