você está em: home / Doação de sangue / Banco de sangue

Doação de sangue

Banco de sangue

Horário de funcionamento: 

Doação de Sangue: de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

Doações Autólogas: de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h.

Coleta de nova amostra, coleta de amostra de sangue para cirurgia: de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h.

Estacionamento gratuito.  

Contato: 3361-5038 | 3361-5037 

Para doar sangue neste serviço é necessário: 

Estar em boas condições de saúde; 
Apresentar documento de identidade original com foto; 
Ter entre 16 (com autorização e acompanhamento do responsável) e 69 anos; 
Ter peso mínimo de 50 kg;  
Não estar com alergia ou febre; 
Não estar grávida ou amamentando; 
Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12h; 
Não ter ingerido alimentos gordurosos no dia da doação; 

Não poderá doar: 
Pessoas que tiverem alguma contra-indicação que conste na atual legislação vigente.

 
Como é a doação? 
Ao chegar, a pessoa fará um cadastro em nosso banco de dados; 
Em seguida será submetida ao teste de Micro-hematócrito (para verificar se doador está com anemia), verificação dos sinais vitais (pressão arterial, batimento cardíaco e temperatura) e avaliação clínica (entrevista); 
Não havendo problemas, a pessoa estará habilitada à doação; 
Depois disso, é oferecido um lanche que deve ser tomado no local e, em seguida, o doador é liberado. 

Interessante você saber que:
 
A doação não traz risco à saúde; 
Todo material utilizado é descartável; 
Mulher em período menstrual pode doar, desde que não esteja sentindo cólicas, dor de cabeça ou com fluxo intenso; 
Quem doa sangue uma vez não é obrigado a doar sempre; 
Antes de ser utilizado, o seu sangue passará pelos seguintes exames: Hepatite B, Hepatite C, Sífilis, Chagas, HTLV, HIV. Intervalo mínimo entre as doações: homens - 60 dias e no máximo 4 vezes ao ano, mulheres - 90 dias e no máximo 3 vezes ao ano.  Voltar ao topo

Doar sangue é seguro?  Sim, todo o material utilizado na doação é descartável, de uso único e não oferece qualquer risco ao doador.  Voltar ao topo

Pode ocorrer alguma reação adversa? Durante a doação e até 24 horas após, podem ocorrer algumas reações adversas, como: hematoma no local da punção,  formigamento de mãos e pés, suor, vômito, turvação visual, sensação de desmaio, podendo chegar ao desmaio e raramente convulsão. Algumas dessas situações estão relacionadas a uma má alimentação, stress, ansiedade, uma noite mal dormida. 

Depois de doar sangue:
 
Tome bastante líquido; 
Não fume por 2 horas a pós a doação; 
Evite bebidas alcoólicas no dia da doação; 
Evite esforços físicos no dia da doação; 
Só deixe o banco de sangue se estiver se sentindo bem. 

O que acontece com o sangue doado? Após a doação, o sangue é encaminhado para fracionamento, onde é dividido em até quatro hemocomponentes, beneficiando até quatro pacientes. As amostras serão encaminhadas para a realização de exames exigidos por lei (tipagem ABO e RH), pesquisa de anticorpos irregulares e hemoglobina S e pesquisa de doenças infecciosas (HIV, hepatites B e C, chagas, vírus HTLV I/II e sífilis).  Voltar ao topo

Quando vou receber os resultados?  Os resultados dos exames bem como a Carteira de Doador (a) são liberados após 30 (trinta) dias da data da doação, segundo orientação da Coordenação Geral de Sangue e Hemoderivados – Ministério da Saúde - Nota Técnica N.º 058/2013.

 

Diretora Técnica: Dra. Mara Albonei Dudeque Pianovski (CRM-PR: 6224)

Responsável Técnica do Banco de Sangue: Dra. Cristiane de Oliveira Henriques (CRM-PR: 23750)

Fontes: Guia para Hemovigilância no Brasil - ANVISA, 2015 e PORTARIA Nº 158 DO MINISTÉRIO DA SAÚDE, DE 04 DE FEVEREIRO DE 2016